segunda-feira, 2 de maio de 2011

Sonho com pássaros

Na madrugada passada eu sonhei com vários pássaros rodeando a varanda da minha casa. Eram todos muito coloridos. Hoje, um pouco antes do almoço me sentei na varanda e observei a presença de vários Assanhaços. Há alguns anos me deparei com muitos deles aqui em casa. Como eu conhecia apenas o Assanhaço Cinzento tratei de ligar imediatamente para o meu pai, seu João, que conhece muitas espécies de pássaros para saber que aves eram aquelas. Descrevi as suas características principais e ele logo afirmou que eram Assanhaços. Havia um azul escuro com detalhes em preto, outro predominando o amarelo escuro e um com nuances em verde e amarelo. Todos lindos!

Hoje só constatei a presença do Assanhaço Cinzento e o azul escuro com detalhes em preto. Haviam vários e todos brigavam pelas poucas pitangas maduras nos dois pequenos arbustos próximos a varanda. Achei incrível o meu sonho na noite anterior se confirmar no final da manhã. Um privilégio neste lindo dia nublado muito semelhante ao início do inverno Londrino. A propósito, no final da tarde o frio se apresentou pela primeira vez este ano em Jataí, a cidade mais fria do estado de Goiás. O clima está maravilhoso.

Nome comum: Sanhaço-cinzento, sanhaço-do-mamoeiro, saí-açu
Ordem: Passeriformes
Família: Fringillidae
Nome Científico: Thraupis sayaca

Entre os sanhaços brasileiros esta é a espécie mais popular, sendo também denominada de assanhaço-cinzento ou sanhaço-do-mamoeiro.

Alimentação: frutos, folhas, brotos, flores de eucaliptos (Eucalyptus spp) e insetos; entre estes os alados de cupins ("aleluias" ou "siriris") capturados em vôo.

Nidificação: o ninho, construído pelo casal, é escondido na vegetação densa, repousando numa forquilha de árvore, entre 1,5 e 9 m de altura. Ele é compacto, feito de pequenas raízes, musgos e pecíolos foliares, com um diâmetro externo de cerca de 11 cm. Os ovos, 3 ou raramente 2, apresentam coloridos variados: branco-amarelado, cinza, esverdeado, com manchas pardas pronunciadas ou não. A incubação é tarefa da fêmea e provavelmente do macho, durando de 12 a 14 dias. O casal alimenta os filhotes, que deixam o ninho após 20 dias de idade.

Hábitat: paisagens abertas com árvores e arbustos, plantações e áreas urbanas.

Tamanho: 18,5 cm




3 comentários:

Leonardo Padilha disse...

realmente um pivilégio! e devia tá friozinho mesmo lá no Canto do Tizíu...

Helen Simões disse...

hahahah! O passarinho quer comer o pescoço do outro,não a banana. Bichinho egoísta... kkkkkkkkk

Helen Simões disse...
Este comentário foi removido pelo autor.